Está chegando a hora!

Final de ano, e a cidade de Chicago terá um motivo a mais para comemorar...

...afinal amanhã dia 01/01/09 será o grande dia, o dia do tão esperado Winter Classic Game entre Detroit Red Wings e Chicago Blackhawks. Assim como ocorreu no ano passado, a NHL mais uma vez leva o hóquei no gelo para além das fronteiras das arenas de hóquei. Se no ano passado o jogo foi disputado entre Pittsburgh Penguins e Buffalo Sabres no Ralph Wilson Stadium, campo de futebol americano da equipe do Buffalo Bills, nesse ano o evento será realizado no Wrigley Field casa da equipe de beisebol do Chicago Cubs.

Esse será o jogo de número 701 entre esses rivais da divisão central, e será o primeiro Winter Classic Game envolvendo dois times dos "Original Six". Os dois times usarão uniformes no estilo "retrô", os Wings com uma camisa usada pelo Detroit Cougars em sua primeira temporada, mas com seu tradicional logo a "roda alada" nos ombros da camisa.

Já os Hawks estarão com um uniforme que será uma mescla das camisas usadas nas temporadas 1936-1937 e a usada na temporada 1937-1938.

Uma curiosidade: O Wrigley Field ganhou a disputa para abrigar esse evento da NHL de outro gigante; o Yankee Stadium, que será fechado após abrigar a equipe de beisebol do New York Yankees de 1923-2008. Se no caso a cidade nova iorquina ganhasse na escolha de sede do evento, o Winter Classic Game seria o último evento a ser realizado no Yankee Stadium.

No dia do jogo estão programados vários eventos, como a distribuição de entradas, música ao vivo, jogos interativos, esculturas no gelo entre várias outras festividades. Ponto para a NHL que com isso leva o hóquei para todos os diferentes tipos de públicos que um evento como esse atrai.

Outro ponto marcado: o lado social. A arena ficará erguida no Wrigley Field até o dia 4 de janeiro, e estará aberta ao público para que a comunidade possa patinar na
arena, sendo que os 10 dólares cobrados pela hora de patinação serão todos doados para caridades que a equipe do Chicago Cubs mantém.

Haverá nesse ano uma mudança em relação às regras. A NHL anunciou que por conta de qualquer possível condição climática adversa, afinal os fortes ventos são bem comuns no Wrigley Field, nos jogos de beisebol do Chicago Cubs, os times irão trocar de lados na metade do terceiro período (mesmo critério que foi adotado no ano passado devido à neve que caiu durante o jogo entre Penguins e Sabres).

Vale lembrar que o evento do ano passado foi um sucesso absoluto tanto em espectadores presentes ao local (71.217 pessoas), como nos números conseguidos com a transmissão do evento pela TV norte americana. A NHL e a rede de TV NBC já disponibilizaram o vídeo de divulgação do evento, logo abaixo.



Sou a favor de eventos como os Winter Classic Games e também das Opening Seasons no qual a NHL em ambas as oportunidades leva o hóquei no gelo para um público mais afastado da realidade do esporte.
Continue Lendo

Férias!


Graças à Maurice Richard, estou indo para as minhas merecidas férias anuais, previstas em contrato assinado tanto pelo Marcelu quanto pelo Xandy, no interior de São Paulo com a família (prefiro não especificar onde, para não me incomodarem). Viajo hoje e estarei de volta ao batente dia 05 de janeiro, segunda feira, batendo meu ponto na redação do NHL Brasil e do Canadiens Brasil.

Vai que é tua Marcelão (Xandy de férias também). E parabéns pelos avatares!

abraços

Continue Lendo

Avatares de camisas da NHL

Bom pessoal, andei pesquisando na Internet sobre alguma coisa nova para colocar aqui no Blog, e acabei com uma idéia que acredito eu, seja meio que inédita aqui no Brasil para nós fans de hóquei e particularmente da NHL...

Avatares de camisas dos times da NHL!!!

Tanto para Orkut, como para MSN agora vc pode mostrar a todos seus amigos sua paixão pelo seu time do coração, camisas personalizadas com o nome e o número que vcs quiserem.

Os modelos disponíveis estarão no link "Avatares de Camisas" que se encontra na barra lateral do Blog.

Para os interessados façam os pedidos aqui nos comentários desse tópico, seguindo esse modelo:

Nome: MARCELO
Time: ANAHEIM DUCKS
Número: 8
Modelo: FRENTE

Conforme eu for fazendo os pedidos irei entregando...

Abraços!
Marcelu passou muito tempo desenvolvendo esses avatares, mas em compensação ficou muito satisfeito com o resultado final...
Continue Lendo

It´s a shutout time!!


Bom galera, novidades no Blog!!! Agora vcs podem brincar com um joguinho de shutout localizado lá na barra lateral, é muito simples, só clicar na foto e sair jogando...

O jogo ficará fixo e em definitivo lá na barra lateral. Mostre que você é fera nas tacadas e marque você também seus gols!!!


Marcelu acredita que com esse joguinho, Wayne Gretzky "The Great One", será ultrapassado em número de gols...hehehehe
Continue Lendo

Então É Natal

Sim, o Natal chegou e agora é tempo de dar e receber presentes. Vejamos qual será o pedido de presente de cada equipe da NHL para o bom velhinho:


Anaheim Ducks: Mais consistência em suas linhas de desvantagem numérica e que a equipe não perca mais nenhum jogador importante por conta de lesão.

Atlanta Thrashers:
O retorno de Kari Lehtonen talvez ajude (ou não), mas o que a equipe realmente deveria fazer é implorar de joelhos para que Ilya Kovalchuk continue atuando em Atlanta.

Boston Bruins
:
Que a equipe continue como e onde está e que Tim Thomas continue sólido sob qualquer circunstância.

Buffalo Sabres:
Menos lesões e mais regularidade, só assim os Sabres poderão ir longe. Maxim Afinogenov é um caso perdido.

Calgary Flames:
Um Jarome Iginla inteiro pelo restante da temporada, pois sem ele os Flames não são nem faísca.

Carolina Hurricanes:
O retorno de Justin Williams já pode ter sido um presente mas Eric Staal precisa chamar a responsabilidade para si.

Chicago Blackhawks: Que Toews e Kane continuem derrubando qualquer defesa e que finalmente os Hawks encontrem regularidade no gol.

Colorado Avalanche:
Pedir Joe Sakic de volta agora seria muito dificil, mas que Paul Stastny e cia. levem o time até onde melhor conseguirem.

Columbus Blue Jackets: Que a gurizada continue se desenvolvendo e que Rick Nash não perca a paciência/esperança de esperar sua equipe ir aos playoffs uma vez na vida.

Dallas Stars: O maior presente para esta equipe é não ter Sean Avery atuando nunca mais com a camisa dos Stars.

Detroit Red Wings: Que a equipe não perca suas "asas" e continue voando alto rumo a um possível bi-campeonato. Um contrato novo para Henrik Zetterberg antes de 1º de Julho também não cairia mal.

Edmonton Oilers:
De tudo um pouco. Um goleiro decente (já que 3 não dão conta do recado), que seus jogadores de segundo ano na liga (Gagner, Cogliano, Gilbert) comecem a dar sinais de existência.

Florida Panthers:
Presente não é a palavra correta para usar aqui, mas Milagre fica mais cabível vocês não acham?

Los Angeles Kings:
Que a equipe perca a tendência de "time do futuro" e comece a agir com mais maturidade.

Minnesota Wild:
O retorno de Marian Gaborik foi um grande presente, mas pedir que ele não se lesione novamente é querer demais.

Montreal Canadiens: Que Kovalev encontre seu ritmo e que as linhas de vantagem numérica acordem da hibernação. Regularidade por parte de Carey Price também é bem vinda.

New Jersey Devils: Conseguir aguentar mais 3 meses de temporada sem Martin Brodeur seria bom, mas continuar rumo a uma vaga nos playoffs enquanto isso seria ótimo.

New York Islanders: Pedir Rick DiPietro é até aceitável aqui, mas pedir algo além disso nem pensar.

New York Rangers: Que Henrik Lundqvist continue jogando exepcionalmente bem. Um pouco de ajuda ofensiva vinda de linhas secundárias seria interessante.

Ottawa Senators: Se juntando Heatley, Spezza e Alfredsson em uma mesma linha não está ajudando e se separando-os continua tudo na mesma, caso perdido detectado.

Philadephia Flyers: Que suas linhas especiais continuem amedrontando adversários. Um retorno rápido de Daniel Briere melhoraria tudo.

Phoenix Coyotes: Que a garotada junto com Olli Jokinen e Shane Doan convença e faça a equipe ir aos playoffs para que esta não seja mais uma "temporada do cão" em Phoenix e para que Wayne Gretzky não comece a uivar de tristeza.

Pittsburgh Penguins: Pedir o que se ele possuem praticamente tudo? um grande retorno de Marc-Andre Fleury é tudo o que eles podem/devem necessitar.

San Jose Sharks: Que este seja "O" ano e não mais uma grande temporada regular acompanhada de um grande vexame nos playoffs.

St. Louis Blues:
Menos Lesões e mais um pouco de tudo. Acreditem, eles conseguem ser piores que os Stars.

Tampa Bay Lightning: Mais uma temporada medíocre, mesmo após uma reestruturação quase que total de elenco. Pedir um técnico novo e um pouco mais de atitude por parte de seus jogadores é só o começo.

Toronto Maple Leafs: O presente dos Leafs foi entregue um pouco antes do previsto quando Brian Burke assumiu o cargo de gerente geral da equipe.

Vancouver Canucks:
Que Roberto Luongo retorne logo e que os irmãos Sedin continuem causando impacto. Como um pedido extra, que Mats Sundin seja o bom e velho Sundin de sempre.

Washington Capitals: Que Semin, Backstrom e Ovechkin continuem com o grande entrosamento até o fim e que alguém pegue de uma vez a vaga de titular no gol da equipe.


Alexandre Almeida deseja um feliz natal a todos os leitores e aos seus companheiros de blog.
Continue Lendo

Caiu Na Rede É Peixe.

A Notícia mais aguardada por todos os time e torcedores da NHL foi finalmente dada (não, Gary Bettman continuará como comissário. Não temos tanta sorte assim).

Após seis longos meses de aguardo, Mats Sundin resolveu voltar a desfilar pelo ringues da NHL e a equipe escolhida por ele é o Vancouver Canucks. Seu contrato será de 1 ano, onde neste período ele receberá gordos 10 milhões. Anteriormente, os Canucks haviam lhe oferecido um contrato de 2 anos onde lhe pagariam 20 milhões.

Dentre as equipes que haviam mostrado interesse por Sundin estavam Canadiens, Canucks, Blackhawks, Flyers, Senators, Leafs e Rangers. Nestes últimos dias, Sundin havia declarado que sua decisão estaria focada em apenas duas equipes, sendo elas os Canucks e os Rangers. Os Rangers não possuiam teto salarial suficiente para assina-lo e nomes como Chris Drury e Michal Rozsival pipocavam em diversos rumores de troca.


Em sua longa carreira de 17 temporadas na NHL, Sundin soma 555 gols e 766 assistências em 1321 partidas disputadas com o Quebec Nordiques (franquia que hoje é o Colorado Avalanche) e o Toronto Maple Leafs.


Alexandre Almeida faz sua última matéria antes de entrar de férias e deixar todo o seu encargo nas mãos de Bruno Sader. Chupa!.
Continue Lendo

Hexágono amoroso...

Desde que foi anunciado o retorno do central Mats Sundin, e que o mesmo estaria pronto para negociar com clubes, a partir da segunda quinzena de dezembro, o que era esperado aconteceu.

Milhares de especulações em torno do craque vieram à tona tanto por parte dos clubes e da imprensa americana, como por parte dos clubes e da imprensa canadense.

Para se ter uma idéia das especulações acompanhem o que rolou nos últimos dias:

Uma coisa parece ser certa: Sundin não jogará mais em Toronto, isso segundo o próprio GM da equipe; Brian Burke. Os Leafs até gostariam de ter Sundin, o problema é que o jogador gostaria de estar em uma equipe mais competitiva e cá entre nós, essa equipe não é os Leafs...

O time com melhores condições no momento para contar com Sundin para a próxima temporada seria o Vancouver Canucks, os mesmos tem espaço suficiente no Salary Cap (para os leigos, algo como o teto salarial) e teriam condições de oferecer U$ 20 milhões pelos 2 anos de Sundin na equipe, os Canucks são um dos Top 4 da lista de Sundin...

O Chicago Blackhawks e seu GM Dale Tallon, está mostrando um interesse “absurdo” em ter o jogador, a ponto de pensar em liberar o bom goleiro da equipe Nikholai Khabibulin DE GRAÇA só para conseguir abrir espaço no Salary Cap, isso agradou o jogador que colocou os Hawks como sendo um dos Top 4 em sua lista...

O Ottawa Senators aguarda pela possibilidade de se encontrar novamente com Sundin, pois seu GM Bryan Murray já almoçou com o jogador e seu agente e logo após deu uma entrevista dizendo “Não sei se Sundin está pensando em nós, mas deveria...”

O Montreal Canadiens sorri para Sundin, assim como Sundin sorri para o Montreal...Os Habs, de acordo com o próprio jogador seriam um dos Top 4, no qual Sundin considera como sendo sua provável nova equipe. Vale lembrar que os Habs tentaram adquirir Sundin já no ano passado durante a trade deadline, e que mais tarde seu GM Bob Gainey conseguiu os direitos exclusivos de negociação com o jogador durante o NHL Draft Enter, porém como não chegaram a um acordo Sundin acabou se tornando free agent em 1º de julho. Os Habs ainda teriam que livrar U$ 3 milhões no Salary Cap...

O New York Rangers...também é um dos Top 4 do jogador, porém a equipe nova iorquina teria que também se ajustar ao Salary Cap para ter Sundin. E isso incluiria colocar no mercado o excelente defenseman, Michal Rozsival; e assim que algum time comprasse Rozsival dos Rangers aí sim o time estaria dentro do Cap necessário...

Quando perguntado se poderia dar um palpite sobre seu destino em primeiramão aos leitores do Blog da NHL Brasil, Sundin fez uma cara de "Putz, sabe que eu nem sei??..."


Marcelu acredita que a disputa por Sundin está perto do final, mas não ousa dar nenhum palpite sobre o destino de “Mats”.
Continue Lendo

Coluna do Leitor

O Blog NHL Brasil inova e cede seu espaço para os leitores postarem suas próprias matérias. E como estréia, o nosso ilustre leitor André Magalhães de Campinas, SP posta falando sobre uma das futuras estrelas da liga, disponível no recrutamento do ano que vem.

UMA ESTRELA ESTÁ SURGINDO...

E ela tem 1,98m de altura e 99kg. Seu nome: Victor Hedman, Defensor do MoDo Hockey (equipe Suéca), possivelmente uma futura estrela da NHL. Enquanto todos os outros olheiros preferem observar John Tavares, Hedman apenas faz seu (ótimo) trabalho jogando muito bem ofensiva e defensivamente. Vamos fazer uma pequena análise do garoto:

- Tem um potencial ofensivo semelhante ao de Dan Boyle;

- Muito inteligente na defesa, comportando-se como um veterano;

- Ele praticamente não é enganado pelo adversário, e consegue agir na hora certa;

- Muito forte em seus trancos;

- Não é tão veloz mas costuma ser um jogador bastante explosivo;


Enfim, o que isso tem a ver com NHL? Simples. Hedman estará no recrutamento de 2009 e como sou torcedor do Lightning e tenho certeza que o time será o pior da liga no fim da temporada, tendo assim a primeira escolha do Draft. Sinceramente, não consigo ver o time de Tampa Bay selecionando outro jogador. E para nossa defesa Hedman seria um ótimo reforço. Só nos resta esperar...



André Magalhães é torcedor (sofredor) do Tampa Bay Lightning desde 2004.

Continue Lendo

Bye Bye!

Após ficar de fora dos playoffs por duas temporadas consecutivas e ver seu time padecer para a encontrar a regularidade na atual temporada, o gerente geral dos Hurricanes Jim Rutherford viu que não possuia outra alternativa a não ser a de promover mudanças significativas em sua equipe.

E isto foi o que aconteceu nesta tarde de quarta-feira. O técnico do time, Peter Laviolette, que guiou a equipe a sua primeira (e única) Copa Stanley em 2006 foi demitido e será substituido por Paul Maurice, que já havia treinado os Canes de 97 á 2004.

Rutherford também anunciou que Ron Francis, atual gerente geral do clube será promovido ao cargo de técnico associado e que Jason Karmanos irá assumir seu antigo cargo. O restante da equipe técnica será mantida.

Os Hurricanes nesta temporada possuem 12 vitórias em 25 jogos, estando em segundo na divisão Sudeste e em oitavo na conferência Leste. O ataque está sendo o principal problema da equipe, que não consegue encontrar a regularidade ofensivamente.

Alexandre Almeida está de computador novo e não precisa mais ouvir as piadas sem graça (ou não) de seus companheiros de blog a respeito de seu antigo computador.
Continue Lendo

Um asilo chamado HP Pavilion...

Pelo que parece foi aberto mais um museu nos Estados Unidos. O nome??? Hp Pavilion!! Não bastasse o fato da equipe californiana ter dado uma nova oportunidade ao veterano e ex-aposentado Jeremy Roenick (38 anos), depois dos Sharks terem na última temporada o também veterano Sandis Ozolinsh (35 anos), agora a bola da vez é o retorno do veteraníssimo e também ex-aposentado Claude Lemieux (43 anos!!!).

Lemieux já atuava por uma das franquias da equipe dos Sharks na China (o China Sharks) realizando apenas 2 jogos pela equipe chinesa, onde segundo ele próprio "Foi muito bom para adquirir os reflexos novamente e despertar o interesse pelo regresso aos rinks da NHL".

Segundo o acessor de imprensa dos Sharks, Scott Emmert, Lemieux seria integrado na última semana à equipe afiliada dos Sharks na AHL (American Hockey League) situada em Worcester. Uma coisa que pesou para o provável retorno de Claude Lemieux para a NHL é a grande amizade dele com o GM dos Sharks, Ron Wilson.


Marcelu acredita que se o retorno de Lemieux se concretizar a chance de acontecer uma nova "Blood bath" entre Avs e Wings será muito grande...
Continue Lendo

E agora Wings???

Nem chegamos à metade da temporada 2008-2009 e o Detroit Red Wings já está com um grande problema para resolver para o ano que vem. De acordo com o jornal local (o Detroit News) o time de Hockeytown possui 4 jogadores que se tornarão UFAs ao fim da temporada.

São eles: Henrik Zetterberg, Marian Hossa, Johan Frazen e Mikael Samuelsson jogadores top do time das asas vermelhas. O grande problema segundo esse mesmo jornal é que o time de Detroit não está demonstrando interesse de assinar com todos os 4, devido às limitações do "bendito" salary cap (tormento das equipes da NHL, mas necessário para um melhor equilíbrio entre as equipes da liga).

Segundo o GM da equipe, Ken Holland, a previsão para os gastos com o salary cap da equipe para a próxima temporada será muito similar com o que foi nesse ano, e que tudo dependeria da alta ou queda da cotação do dólar canadense...

A diretoria dos vermelhos continuam em negociação com o agente de Zetterberg, e ao que tudo indica será o primeiro da lista a conseguir resolver sua situação com os Wings. Segundo os planos da diretoria, após resolver a situação com Zetta, o próximo alvo seria Hossa ou usar o dinheiro que seria gasto com Hossa para então partir para Franzen ou Samuelsson, ou até ambos.

Eu, bem como os fans dos Wings lhe perguntam Holland...E agora Wings???

Marcelu acredita que os Wings mesmo assim continuarão a ter um time muito forte para o ano que vem.
Continue Lendo

Como assistir os jogos da NHL ao vivo?

Gosta da NHL? Tem curiosidade de ver jogos de hockey? Quer saber o por que de perdermos nosso nem tão precioso tempo escrevendo sobre esse esporte que nem se quer é praticado em nosso país?

Para assistir os jogos da NHL pela internet você tem algumas opções.

A melhor delas é o ATDHE.net. Eu assisto por ele. Tem uma qualidade absurda para você acompanhar o jogos ao vivo. Mas tem um pequeno problema. Você precisa ter ao menos 1mb de conexão de internet. Se tiver isso, é só correr pro abraço!

Outra opção legal é pelo site oficial da NHL, no serviço chamado NHL GameCenter. A qualidade é ótima e também é ao vivo. O problema é que você tem que desembolsar um quantia razoável de 20 dólares mensais ou quase 150 dólares anuais para usufruir desse serviço.

Caso você não tenha como desembolsar essa grana e nem tenha uma internet com conexão suficiente para ver pelo ATDHE.net, você pode ir pelas TV's de internet como a Justin TV. Um site que que sempre reune os links disponíveis para os jogos é o MyP2P.eu. No fórum do site, na parte destinada ao hóquei no gelo, o primeiro post da lista ( Ice Hockey Today mês/dia [Streaming] ) sempre tem os links para os jogos.

Os jogos geralmente começam às 22h ou 22h30 (horário de brasília). Alguns jogos da Costa Oeste porém começam 1h da manhã. De fim semana ocorrem jogos em horários alternativos, durante a tarde. Cada jogo dura, em média, cerca de 2 horas e meia. Bom proveito à todos!

Bruno Sader acompanha em média 7 jogos por semana, não necessariamente um por dia.
Continue Lendo

Terceira Camisa - ATUALIZADO!

Há muito tempo que as franquias esportivas estadunidenses exploram uma estratégia de marketing composta por uma terceira camisa de jogo do time. Ela foge às cores básicas, que alternam entre claro e escuro para formar o uniforme usado em casa e fora. Esse terceiro uniforme geralmente traz logos alternativos e cores fora do comum. Esse ano muitas franquias focaram na cor preta. Algumas franquias como Penguins, Canucks, Maple Leafs, Sabres, Islanders, Oilers e Blackhawks fizeram uniformes "retrô", remetendo à modelos clássicos, como fazem todos os anos. Para ficar por dentro das camisetas alternativas que o Montreal Canadiens usará na sua centésima temporada, dê uma espiada no blog Canandiens Brasil. Vamos as novidades:


Tampa Bay

Philadelphia

Boston

OttawaSt. Louis
Carolina
San Jose
Phoenix
Los Angeles Atlanta
Bruno Sader lamenta informar que cada uma dessas camisas sai por meros 300 dolares no site da NHL.

Continue Lendo

Melou, Melrose.

Barry Melrose não é mais o técnico dos Bolts. Foi anunciado nesta sexta-feira de que Melrose não treinaria mais a equipe e que Rich Tocchet, assistente técnico do time, seria promovido a seu cargo, interinamente.

Sob o comando de Melrose, os Bolts venceram apenas cinco jogos dos 16 disputados na temporada até agora. A equipe também possui o pior ataque da liga, tendo marcado míseros 34 gols (média de 2,12 por partida).
Continue Lendo

O Adeus.

O reinado de Brian Burke como gerente geral dos Ducks chega ao fim. Foi esta a notícia que o próprio Brian Burke deu em uma coletiva de imprensa realizada nesta última quarta-feira. As causas para a desistência do cargo alegadas por Burke foram "razões pessoais". Os Ducks nomearam Burke como gerente geral em 2005 e nestas três temporadas em que o mesmo esteve no cargo, a equipe californiana fez as três melhores temporadas de sua história (vencendo a Copa Stanley em 2007).

Burke continuará no clube até o fim desta temporada, mas atuará como consultor para o novo gerente geral designado pela equipe, Bob Murray.
Continue Lendo

Forum Center Ice

Principal forum de discussão sobre Hóquei no Gelo em língua portuguesa.

http://forumcenterice.forumeiros.com/

Não deixem de participar!
Continue Lendo

"No aquário do tubarão...

...o bicho pega!". Isso é o que qualquer torcedor do San Jose Sharks tem orgulho de dizer nesse começo de temporada. Jogando em casa, o time californiano tem 9 vitórias em 9 jogos. Nem um pontinho perdido. O time que tem fama de amarelar nas fases decisivas, vai dando indícios que sua casa pode ser sua maior arma lá na frente, quando os playoffs chegarem em sua fase decisiva.

A última vitória do time, aconteceu na noite de ontem contra Dallas. Em um jogo amarrado, os tubarões abriram o marcador com Boyle, após bons passes de Thornton e Marleau. O time do Texas não criava muito mas chegou ao empate em um bate rebate. Marty Turco conseguiu segurar o placar assim com grandes defesas até quase ofinal do jogo. Mas faltando 30 segundos, o mesmo goalie que estava fazendo milgares,saiu jogando errado, no pé de Patrick Marleau que não perdoou e fez o segundo, matando o jogo.

Os números da temporada também sorriem para o time de San Jose. É o melhor ataque da NHL no momento, com 52 gols em 15 jogos; média de 3,4 gols por jogo. Tem a 3ª melhor defesa do Oeste, sofrendo uma média de 2,2 gols por jogo apenas. Os números fora de casa também estão longe de ser ruins. Em 6 jogos, são 4 vitórias e 2 derrotas. Os líderes em pontos do time são o capitão Marleau, com 16 pontos, o jovem wing de 21 anos, Setoguchi, com 14 e o center Joe Thornton com 13. Quem não tem um início tão bom é o left wing da linha 1, Cheechoo, que tem apenas 7 pontos em 14 jogos, apenas o 10º melhor marcador do time.

O que pode se tornar um problema para o time do norte da California é que seu goalie, o excelente Nabokov, se machucou por tempo ainda inderteminado. Em qualquer time, como o Isles com Rick DiPietro, perder seu goalie estrela seria um problema. Mas o reserva Boucher vem jogando bem. Nas três partidas que entro, o time venceu. Ele está com o Save% de 98,5% e um GAA de 0,3.

Os torcedores do Sharks estão esperançosos. Será esse o ano que o time perderá a fama de amarelão e chegará a Stanley Cup? Is this year? Não sei. Só sei que dia 21 de novembro, o time revelará sua 3ª camisa, a "Black Armor" (que imagino, seja preta).


Bruno Sader tem no seu San Jose Sharks, seu time oficial para jogos importantes no NHL 09.
Continue Lendo

All-Star Game - Lista de Jogadores.

Foi divulgada hoje a lista de jogadores selecionados para votação, concorrendo a participar do All-Star Game que será realizado no dia 25 de Janeiro em Montréal. Vejamos aqui a lista dos jogadores:

CONFERÊNCIA LESTE:

- Goleiros:
Martin Biron (Philadelphia)
Martin Brodeur (New Jersey)
Rick DiPietro (NY Islanders)
Marc-Andre Fleury (Pittsburgh)
Kari Lehtonen (Atlanta)
Henrik Lundqvist (NY Rangers)
Ryan Miller (Buffalo)
Carey Price (Montreal)
Vesa Toskala (Toronto)
Tomas Vokoun (Florida)

-Defensores:
Jay Bouwmeester (Florida)
Zdeno Chara (Boston)
Sergei Gonchar (Pittsburgh)
Mike Green (Washington)
Tomas Kaberle (Toronto)
Mike Komisarek (Montreal)
Andrei Markov (Montreal)
Teppo Numminen (Buffalo)
Chris Phillips (Ottawa)
Wade Redden (NY Rangers)
Kimmo Timonen (Philadelphia)
Ryan Whitney (Pittsburgh)

-Atacantes:
Daniel Alfredsson (Ottawa)
Patrice Bergeron (Boston)
Daniel Briere (Philadelphia)
Rod Brind'amour (Carolina)
Sidney Crosby (Pittsburgh)
Chris Drury (NY Rangers)
Patrik Elias (New Jersey)
Simon Gagne (Philadelphia)
Scott Gomez (NY Rangers)
Dany Heatley (Ottawa)
Trent Hunter (NY Islanders)
Saku Koivu (Montreal)
Ilya Kovalchuk (Atlanta)
Alexei Kovalev (Montreal)
Vincent Lecavalier (Tampa Bay)
Evgeni Malkin (Pittsburgh)
Markus Naslund (NY Rangers)
Alex Ovechkin (Washington)
Zach Parise (New Jersey)
Mike Richards (Philadelphia)
Brian Rolston (New Jersey)
Derek Roy (Buffalo)
Martin St.Louis (Tampa Bay)
Marc Savard (Boston)
Alex Semin (Washington)
Jason Spezza (Ottawa)
Eric Staal (Carolina)
Alex Tanguay (Montreal)
Thomas Vanek (Buffalo)
Ray Whitney (Carolina)


CONFERÊNCIA OESTE

- Goleiros:
Niklas Backstrom (Minnesota)
Ilya Bryzgalov (Phoenix)
Jean-Sebastien Giguere (Anaheim)
Mikka Kiprusoff (Calgary)
Pascal Leclaire (Columbus)
Roberto Luongo (Vancouver)
Evgeni Nabokov (San Jose)
Chris Osgood (Detroit)
Marty Turco (Dallas)

-Defensores:
Rob Blake (San Jose)
Dan Boyle (San Jose)
Brent Burns (Minnesota)
Brian Campbell (Chicago)
Nicklas Lidstrom (Detroit)
Scott Niedermayer (Anaheim)
Dion Phaneuf (Calgary)
Chris Pronger (Anaheim)
Brian Rafalski (Detroit)
Robyn Regehr (Calgary)
Sheldon Souray (Edmonton)
Shea Weber (Nashville)

-Atacantes:
Jason Arnott (Nashville)
Brad Boyes (St.Louis)
Dustin Brown (Los Angeles)
Pavel Datsyuk (Detroit)
Shane Doan (Phoenix)
Marian Gaborik (Minnesota)
Ryan Getzlaf (Anaheim)
Milan Hekduk (Colorado)
Ales Hemsky (Edmonton)
Shawn Horcoff (Edmonton)
Marian Hossa (Detroit)
Jarome Iginla (Calgary)
Olli Jokinen (Phoenix)
Patrick Kane (Chicago)
Paul Kariya (St.Louis)
Mikko Koivu (Minnesota)
Anze Kopitar (Los Angeles)
Patrick Marleau (San Jose)
Mike Modano (Dallas)
Brenden Morrow (Dallas)
Rick Nash (Columbus)
Mike Ribeiro (Dallas)
Brad Richards (Dllas)
Joe Sakic (Colorado)
Daniel Sedin (Vancouver)
Henrik Sedin (Vancouver)
Paul Stastny (Colorado)
Joe Thornton (San Jose)
Keith Tkachuk (St.Louis)
Jonathan Toews (Chicago)
Henrik Zetterberg (Detroit)


As votações para o All-Star Game se iniciam no dia 12 de Novembro e o site oficial da liga (nhl.com) irá providenciar a atualização em tempo real dos votos.
Continue Lendo

Impacto Profundo

Após diversos exames, a pior notícia para os torcedores dos Devils foi dada: Martin Brodeur ficará de fora por 3 á 4 meses, após se submeter a uma cirurgia para reparar um tendão em seu cotovelo esquerdo.

"Essa não é uma lesão que terminará com sua carreira. Ele terá uma total recuperação e com este tipo de cirurgia eu não tenho dúvida de que ele estará de volta em um breve período de tempo". Essa foi a declaração do gerente geral dos Devils Lou Lamoriello.

Brodeur se lesionou no último sábado, jogando contra os Thrashers. Neste jogo, ele havia feito 5 defesas após deixar a partida com pouco mais de 14 minutos restando no segundo período. Kevin Weekes entrou em seu lugar e fez mais 14 defesas, fazendo assim com que Brodeur conseguisse sua vitoria de número 544 na carreira (7 vitórias atrás do recorde de 551 vitórias, obtidas por Patrick Roy).

Martin venceu o troféu Vezina como melhor goleiro na NHL por 4 vezes, incluindo na temporada passada quando ele conseguiu 44 vitórias e 27 derrotas, com uma média de gols sofridos de apenas 2.17. Suas sete temporadas com mais de 40 vitórias são um recorde na liga e sua média de gols sofridos de 2.20 é a menor na era moderna da NHL. Além de estar a sete vitórias de Patrick Roy como o goleiro detentor de mais vitórias na liga, Brodo também está a apenas 5 shutouts de empatar com Terry Sawchuk na liderança deste quesito.

Antes desta lesão, Brodo havia iniciado todos os jogos dos Devils desde 3 de Janeiro, incluindo os 41 jogos finais da equipe na temporada regular passada e mais cinco jogos nos playoffs. Ele também havia atuado em todos os 10 jogos da equipe na atual temporada.
Continue Lendo

Alfredsson renova com Sens por 4 anos

O Ottawa Senators renovou seu capitão Daniel Alfredsson por mais 4 anos. Na sua 13ª temporada na NHL e com o time, aos 35 anos, Alfie já tem 3 gols e seis assintências em 8 jogos nessa temporada. Em entrevista, o general manager Bryan Murray disse: "Daniel é o tipo de pessoa e jogador que quer continuar contribuindo para com a construção da franquia. Nós estamos muito felizes por continuar a tê-lo liderando o time para seu objetivo, de trazer a Copa Stanley para Ottawa." Após as palavras do GM, o atleta declarou: "A organização do Senators e da cidade de Ottawa, abraçou à mim e à minha família como parte da comunidade."
Eis alguns números do sueco que é o capitão do time desde 1999:

- Cinco vezes All-Star
- Vencedor do Calder Trophy (Rookie) em 1996
- Indicado ao Lady Bing Trophy (Esportista) em 2004
- Escolhido como 133ª escolha do Draft
- Finalista da Stanley Cup em 2007
- Medalhista de Ouro nas Olimpíadas em 2006
- Representou a Suécia em 12 torneios
- Líder da franquia em Jogos (861)
- Líder da franquia em Gols (334)
- Líder da franquia em Assistências (522)
- Líder da franquia em Pontos (856)
- Líder da franquia nos Playoffs nas mesmas categorias

Bruno Sader é fã de Daniel Alfredsson, principalmente no NHL 09
Continue Lendo

Isles tenta voltar no tempo

Na noite dessa segunda-feira, o New York Islanders revelou seu 3º uniforme (no corpo do capitão Guerin) para a temporada 08-09. Apesar de um certo suspense feito pelo clube, o uniforme não é exatamente novo. É na verdade uma versão "retrô" do usado no meio da década de 70. Ele tem seu azul mais claro e forte e detalhes em branco mais acentuados. A estréia do uniforme será noite de sábado, contra o Montreal Canadiens, em sua casa, o Nassau Coliseum.
Fundado no ano de 1972 (logo antigo abaixo), o time caçula de Nova Iorque se situa na ilha de Long Island, e foi criado com o intúito de ter um time da ilha na NHL, para ocupar o novo Nassau Coliseum, no lugar do New York Raiders, que jogava na extinta WHA. Como todo novo time, a primeira temporada (72-73) foi sofrível, e o time terminou na última posição, que pelo menos lhe deu a 1ª escolha no draft, rendendo o promissor garoto Denis Potvin, que ajudou a liderar o time nos anos seguintes. O time veio numa ascendente a partir de 1974, chegando perto do título em 76 e 77, caindo ambas as vezes para o futuro campeão Montreal Canadiens, que nesse período, somou nos playoffs 24 vitórias e três derrotas. Todas para o Isles.

No draft de 1978 o time ficou na dúvida entre dois right wings. Acabou escolhendo Mike Bossy como 15th pick, que era mais ágil e menos físico, em vez de um Laraque da vida. Na temporada seguinte, esse tal de Bossy acabou por ser ganhar o Calder Trophy, com 53 gols. O time porém, caiu em 7 jogos para o Maple Leafs, nas quartas-de-finais. Em 1979 o time acabou a temporada regular com a melhor campanha da liga, Bryan Trottier foi eleito MVP e acabou como líder de pontos, e Bossy de quebra ainda foi o artilheiro com 69 gols. Mas novamente o time morreu na praia. Dessa vez foi para o rival Rangers, nas semi-finais.
Mas a hora de redenção ia chegar. O técnico Al Arbour decidiu focar o time em ser eficiente nos playoffs e não apenas da temporada regular. Tanto que pela primeira vez em 5 anos, seu time anotara menos de 100 pontos (apenas 91) na regular season. De quebra ainda mandou dois veteranos para o Kings em troca de Butch Goring, center de força, que foi descrito como "peça final no quebra cabeça". A Stanley Cup foi disputada contra o Flyers. O jogo crucial foi o 5º, em Filadélfia. Com a série empatada em 2 a 2, e o jogo também, em 3 a 3, na prorrogação, Denis Potvin (aquela 1ª escolha de 73, lembra? Não? Lê lá em cima!) anotou o gol da vitória. No jogo 6 o Islanders fez valer sua vantagem de jogar em casa e matou a série, levantando sua primeira Stanley Cup.
E nos anos seguintes o que se viu foi um domínio completo por parte do time de Long Island. Em 1981, Bossy (foto) anotou 50 gols em 50 jogos e o time perdeu apenas 3 jogos nos playoffs. Em 1982 o time chegou a ganhar 15 jogos seguidos e anotou o recorde de pontos da franquia, 118. No ano de 1983 um rival surgiu do nada. Apenas em seu terceiro ano na NHl, o Edmonton Oilers, com um garoto maravilha, Wayne Gretzky, incomodou, mas perdeu a final da SC para o Isles, com um gol decisivo de Bossy. Nesse momento, o time de Long Island, possuia em 11 anos, mais títulos que o rival Rangers de 57, Mas era o indício do fim de dinastia. Em 84 o Isles chegou nas finais mas não foi páreo para "the Great One" e sua turma.
Desde então, o New York Islanders entrou numa descendente e nunca mais voltou a ser o mesmo vencedor. Nos dias atuais o time vive de campanhas sofríveis e alguns problemas financeiros. O time ficou nas últimas posições na última temporada e já começa mal essa (2-5-0), com sua principal estrela, o goalie Rick DiPietro, machucado. Seu torcedor vai sofrer novamente até o meio de 2009 quando rezará para aparecer um novo Bossy da vida no draft. Será que voltaremos a ver imagens como essa?


Bruno Sader gosta muito dessas camisas clássicas, e achou esta mais bonita que a nº1 do NYI.

Continue Lendo

Ducks varrem o leste canadense

Pela apenas a terceira vez desde a temporada 1992-1993, um time consegue bater a trinca do leste do Canadá em seguida, formada por alguns dos times mais tradicionais de toda a NHL. O Anaheim Ducks, campeão da Stanley Cup em 2007, teve um começo horroroso nessa temporada. Duas vitórias e cinco derrotas, em sete jogos, incluindo derrotas acachapantes para seu rival de divisão Coyotes e seu rival eterno, Kings. O time começava a dar amostras que seu experiente elenco poderia estar ultrapassado. O que esperar então desse tour pelo país vizinho?


Na terça-feira, a "turnê" começou com uma apresentação em Toronto, contra o Leafs, com certeza o mais fácil dos três adversários que teria que enfrentar. Mas a partida não foi nada que possa ser chamada de fácil. Beauchemin abriu o placar, e o lutador de boxe travestido de jogador de hóquei, George Parros, ampliou ainda no 1º período. Mas o Ducks se acomodou no jogo e o time da casa veio pra cima. O time da Califórnia deu apenas 4 chutes no 2º período e nenhum na 3ª parte, enquanto o Maple Leafs deu 28 na soma dos dois períodos, sendo que dois deles entraram, um em cada período, todos anotados por Nik Antropov. Sendo assim, após uma OT nula, o jogo foi para o SO, onde a experiência prevaleceu e com gols de Selanne e Perry, o Ducks venceu por 3 a 2.


E vamos para a capital canadense. O desafio seria maior pelo alto poder ofensivo da Linha 1 do Sens, composta por Alfredsson, Spezza e Heatley. E foi essa linha que deu trabalho. O jogo começous truncado e o placar só foi aberto no meio do 1º período, pelo Ducks, por Brian Sutherby. E assim ficou até o 2º período, quando Marchant, aos 50 segundos, Pahlsson e ainda Getzlaf, em situação de vantagem numérica, fecharam a 2ª parte praticamente definindo o jogo. Mas o experiente time do Ducks caiu muito de rendimento no último período devido a fadiga e o Senators foi pra cima que nem um caminhão desgovernado. Com dois gols de Power Play em menos de 2 minutos, marcados por Alfredsson e Picard, e um de Chris Neil, Ottawa voltou para o jogo ainda tinha 10 minutos para empata-lo. Mas eis que Jonas Hiller, que estava no gol, e a defesa comandada por Scott Niedermayer acordaram e seguraram o placar como estava para assegurar a segunda vitória seguida em solo canadense.

O terceiro jogo seria o mais difícil. Ia pegar o embalado Candiens, que vinha de 5 vitórias seguidas e ainda não tinha perdido no tempo normal nessa temporada, no nada amistoso e lotado Centre Bell. Apesar de tudo, o centenário Habs não tinha seu ponta Andrei Kostitsyn e seu goalie titular Carey Price, poupado por gripe. E eis que novamente o Ducks começou bem o jogo, e aproveitando do momento em que a fraca Linha 4 do time da casa estava no gelo, Huskins abriu o plcar aos 2 minutos. Com 5 minutos de jogo Montreal teve um contra-ataque de situação de 3 contra 2 a favor, mas Higgins perdeu o controle do puck e o entregou Kunitz que conectou Perry que entregou para Getzlaf que fuzilou a meta bleau-blanc-rouge. Mesmo assim voltou a aparecer o velho problema de indiciplina do time de Anaheim. Em sua primeira opotunidade de vantagem numérica, Tanguay pos na rede de Giguere após belo passe de Kovalev. Após cinco minutos de pura pressão cadanadense, o capitão Saku Koivu empatou o jogo para alegria da torcida.


E o segundo período começou muito bem para o Habs. Tom Kostopoulos marcou de backhand no segundo minuto e deu indício que abrira a porteira da meta californiana. Mas após um belo drible de Kovalev, o mesmo caiu no chão e acabou por derrubar seu adversário. O juiz marcou falta por tripping, em um lance bem discutível. E Anaheim não desperdiçou a chance, empatando o jogo com Perry. Menos de 2 minutos depois, Chris Kunitz virou a peleja. O Canadiens sentiu o golpe, e o coach Carboneau trocou Halak, que havia cedido 4 gols em 12 chutes, pelo poupado Price. Mesmo assim o tricolor continuou indo pra cima, mas esbarrou em uma bela atuação de Giguere, que salvou até um lance cara a cara com Kovalev.

Travis Moen fez o 5º, em situação de Short-Handed, ainda no 2º período, e em Power Play na última parte, o inacabável Teemu Selanne deixou o seu. Price ainda salvou um penalty shot contra Perry e Alex Tanguay diminuiu a diferença, mas ficou nisso. Uma discrepante atuação dos goalies definiu o jogo. De um lado, Giguere salvou 47 dos 51 shots contra sua meta, e do outro, Halak teve uma atuação triste, cedendo 4 dos 12 tentados contra ele, e Price foi apenas um pouco melhor, cedendo 2 de 13. Segundo nosso estimado amigo Igor Vaconcelos, do blog Canadiens Brasil, foi o recorde de gols em empty net do Ducks em um jogo, seis.


Bruno Sader ecreveu essa matéria mediante a perda de uma aposta contra um companheiro de blog, que apostou na vitória do seu time, Ducks, contra o meu, Habs.
Continue Lendo

Rapidinhas

Alguns destaques do início da temporada 08/09 da NHL:

- A série invicta do NY Rangers chegou ao fim com uma derrota para o time de Buffalo, de 3 a 1, em pleno Madison Square Garden.

- O mesmo Sabres, é o único que continua invicto no Leste (3-0). No Oeste, dois times ainda não perderam são o Wild (3-0) e o Sharks, que já sustenta 4 jogos sem sentir o sabor da derrota.

- Pelo outro lado, três times ainda não acabaram um jogo com mais gols que o adversário. São casos diferentes. No Leste, o Flyers perdeu três vezes no tempo normal e uma no OT. No Oeste, o Tamba Bay perdeu os dois jogos no tempo regulamentar e dois na prorrogação. Mas o caso mais supreendente é o do Anaheim Ducks, que foi campeão há duas temporadas atrás, e em 4 jogos esse ano, perdeu os 4, incluindo derrotas fortes para o jovem time do Coyotes e uma em casa, para o grande rival, Los Angeles Kings, que havia perdido para o Sharks sem jogar absolutamente nada, na rodada passada.

- O Montreal Canadiens, em sua 100ª temporada, começa animando seus torcedores. Três vitórias, incluindo uma goleada de 6 a 1 sobre o rival Leafs, em Toronto, e uma sobre o Boston, nos SO. A única derrota foi no OT da estréia, em Buffalo, contra o Sabres.

- O Red Wings começou lento (2-1-1), após uma pré-temporada nada empolgante. Mas continua como meu candito mais forte ao título do Oeste. No Leste, ao meu ver vai ser um Deus nos acuda e pode dar qualquer coisa. Para mim: Penguins, Rangers, Canadiens, Capitals e Flyers estão no páreo.

- Phoenix e Chicago tem bons elencos jovens, com muitos prospectos promissores. Vamos ficar de olho!

- Ottawa (1-1-1) mudou quase todo o bagunçado staff para tentar arrumar o bagunçado elenco para essa temporada. Mas a excelente Linha 1 de ataque do time não vai conseguir compensar a ineficiência das outras três. E mesmo com uma boa dupla de defesa, as coisas não são promissoras para o time da capital canadense...

- Columbus, Islanders, Kings, Tampa Bay e Toronto já dão amostras que vão penar nessa temporada. O coitado do NY Islanders, na noite de estreia em casa, tomou SETE a um do Buffalo. Acho que Thrashers e Panthers vão se juntar a essa turma logo logo. Nashville, pelas perdas no já não tão forte elenco, pode acabar virando um saco de pancadas também, apesar de ter beliscado uma vaga nos playoffs nesses últimos anos.

- Os líderes individuais de pontos (9 - Koivu), assistências(8 - Koivu) e gols(5 - Miettinen) são do Minnessotta Wild e finlandeses

- Por fim, o St. Louis Blues, outro forte candidato na briga pela 1ª posição do draft do ano que vem, até que supreende nesse breve começo. Em quatro jogos, apenas uma derrota, e fora de casa.

Bruno Sader espera de seu time, nada menos que a Copa Stanley, para honrar o ano do centenário e salvar a década sem título.
Continue Lendo

PERFEITOS!!!

Não há como negar, metade dos fãs de hóquei no gelo brasileiros não simpatizam com o time do New York Rangers, aliás muitos até os odeiam. Seja pelo fato de ser um dos times mais tradicionais do esporte, membro do "Original Six", seja pelo fato dos Rangers terem sido a primeira franquia dos EUA a vencer a Stanley Cup, ou o fato de que alguns dos maiores jogadores da era moderna do esporte desfilaram seus patins pela arena de Madison Square Garden, entre eles, Phil Esposito, Jari Kurri, PatLaFontaine, Brian Leetch, Mark Messier, Wayne Gretzky, Mike Richter, Jaromir Jagr...

Mas apesar de todos esses grandes jogadores do passado fazerem parte da história e tradição da equipe nova iorquina, os flashes da imprensa "americanadense"??!!?? estão todos para a nova safra de jogadores dos Rangers, que conseguiram bater um recorde da franquia que perdurava há exatos 25 anos (temporada 1983-1984). Com um começo de temporada meteórico, os Rangers somaram 5 vitórias em 5 jogos, feito que por si só já garantia a quebra do antigo recorde, mas com ele veio mais...

Veio a afirmação de um novo trio de ferro, de jogadores que estão se destacando na equipe e que são responsáveis diretos (e indiretos) pelo sucesso da equipe nessa temporada 2008-2009.
Dubinsky, Voros e Zherdev são os líderes da equipe em pontos na temporada, sendo que os 2 primeiros são até o presente momento os líderes de pontos da NHL.

Mas nem tudo são flores para os Rangers, pois nessa segunda feira a equipe perdeu o seu prospecto Alexei Cherepanov aos 19 anos de idade, draftado pelos Rangers em 2007; vítima de problemas cardíacos ocorrido enquanto disputava um jogo pelo Avangard Omsk em uma liga de hóquei continental. Um golpe duro do destino, para a equipe e para toda a NHL, "ofuscando" o prsente que até então se desenhava de maneira perfeita para os Rangers e sua apaixonada torcida.

Resta a pergunta agora: Até onde irá a campanha 100% da equipe de Nova York???


Dubinsky com a dança do créu na velocidade 5, após mais um gol com o New York Rangers.


Marcelu é um dos que não simpatizam com os Rangers mas respeita esse momento de ascensão da equipe.
Continue Lendo

Não Bata Na Zebra.

O central dos Blue Jackets, Michael Peca, foi suspenso por tempo inderteminado pela NHL após ter contato físico com um arbítro.

A equipe e a liga anunciaram a sua suspenção no último sábado e Peca foi aumaticamente suspenso pela regra número 41, abuso fisíco de oficiais, categoria 2. A punição miníma para jogadores que desrespeitam esta regra é de 20 partidas.

O jogador apelou a acusação mas continuará suspenso até uma audiência ser marcada na próxima semana.
Continue Lendo

As Últimas da Liga.

O Pittsburgh Penguins está em maus lençóis para este início de temporada. Após perder Ryan Whitney, que teve de fazer uma cirurgia para reparar um problema crônico no seu pé direito, Sergei Gonchar sofreu uma forte lesão no ombro e deverá ficar de fora por 4 á 6 meses. A parte da equipe que mais sofrerá com essas ausências serão as linhas de vantagem numérica do time, que tinha em Gonchar o seu principal armador.

-------------------------------------------------------------------------------

O Vancouver Canucks quebrou a tradição e as regras da NHL, ao nomear Roberto Luongo como novo capitão da equipe. Em toda a história da liga, apenas 6 outros goleiros usaram a letra "C" em seus uniformes: John Rauch (Toronto St.Patricks), George Hainsworth e Bill Durnan (ambos do Montreal Canadiens), Roy Worters (New York Americans), Alex Connell (Ottawa Senators) e Charlie Gardiner (Chicago Blackhawks).

-------------------------------------------------------------------------------

Os Ducks finalmente conseguiram trocar Mathieu Schneider. O defensor foi mandado para o Atlanta Thrashers em uma troca que envolveu quatro jogadores. Com isso a equipe abriu espaço em seu teto salarial (CAP) para a assinar Teemu Selanne. O jogador assinou contrato de 2 anos com a equipe.
Continue Lendo

Especial - Puck nos Video-Games

Faltando pouco tempo para o início da temporada regular da NHL, na temporada 2008/09, as produtoras de games lançam, como de costume, a versão anual de seus jogos. Tradicionalmente temos os jogos da EA Sports, desde o FIFA até o jogo de dardos. Há pouco tempo, a 2k Sports apareceu para rivalizar com a gigante produtora. Vamos ver agora o que as duas nos oferecem para esse ano. Mas antes vamos dar uma olhada no que já nos ofereceram.

Não foi muito para ser sincero. Os jogos de hóquei não tem um histórico muito bom. O primeiro de qualidade que apareceu foi o NHL 98, desenvolvido pela divisão canadense EA(como é até hoje), sediada em Montreal. O jogo que trazia o forward Peter Forsberg do Avalanche na capa (segundo da série com essa característica) passou a contar com uma jogabilidade mais dinâmica e com seleções nacioanis completas, apesar de não contar com o selo de aprovação da IIHF, que vendera os direitos do jogos de Nagano 98 para a Midway.
Desde então, os jogos não empolgaram como esperado. A jogabilidade raramente retratava o que era o jogo real. Algumas vezes os jogos focavam só na pancadaria e outros só na correria com o puck. As notas nos sites especializados como IGN e Gamespot mantinham uma média de nota 7.
Mas eis que ano passado, no primeiro jogo para a 3ª geração de video-games (PS3 e Xbox360), a EA lança NHL 08 com Eric Staal na capa. O jogo contava com um novíssimo modo de controle do stick, usando ambas uma das alavancas analógicas somente para essa função, permitindo ao jogador controlar o puck com precisão de um lado para o outro, para frente e para trás, fazer giros, dribles e fintas livres, sem movimentos pré-determinados e previsíveis. Com isso ganhou elogio da crítica e me fez gastar 50 dólares para adquiri-lo.

Normalmente, depois de um bom lançamento em uma série como essa, a sequência decai um pouco de nível por quase nunca trazer novidades. Isso acontece pelo medo dos produtores de estragar o que está bom. É a política do: "Em time que está ganhando não se mexe". Mas eis que a EA supreende a todos com a versão 2009 de seu game de hóquei. Primeiro pondo o defensor do Flames, Dion Phaneuf, na capa. Segundo, com o modo "Be a Pro", muito similar ao adotado no NHL 08, onde você começa como uma atleta anônimo e segue rumo ao estrelato. Terceiro, e pra mim mais importante: Novos movimentos, como o "One Hand Dekes" onde você segura o stick com uma mão apenas. Você tambem pode proteger o puck com o corpo na nova versão. Quarto: Nova engine para trombadas e lutas, que estão mais realistas. Juntando isso com gráficos cada vez melhores e som de um jogo ao vivo, temos uma versão ainda melhor da série NHL.
A 2K Sports por sua vez ainda não acertou a mão. Continua perdendo para a Eletronic Arts na maioria dos quesitos. Talvez a única coisa que o jogo NHL 2K9 tenha melhor que a concorrente, seja a capa, que traz Rick Nash. A maioria das notas para esse game ficaram a baixo de 7, enquanto o concorrente da EA conseguiu médias acima de 9.


Bruno Sader está juntando moedinhas para comprar o NHL 09 para PS3 e aceitando doações de quem quiser ajuda-lo
Continue Lendo

Humilhação?

Com mais gols do que minutos de jogo, a seleção feminina de hóquei da Eslováquia venceu as Búlgaras pelo placar de 82 a 0 no torneio classificatório para as olímpiadas de inverno.

As eslovacas chutaram incríveis 139 vezes sobre a meta búlgara, enquanto a Bulgaria não conseguiu dar nenhum chute a gol em 60 minutos de jogo.

Janka Culikova liderou as eslovacas marcando 10 vezes, seguida por Martina Velickova que marcou 9. Outras 14 diferentes jogadoras também marcaram pelo menos uma vez na partida. As eslovacas, que também venceram as seleções da Croácia, Letônia e Itália se classificaram para outro grupo classificatório, que também conta com as seleções da Alemanha, Cazaquistão e França. A Búlgaria foi eliminada da competição após marcar um gol e sofrer 192 no torneio.
Continue Lendo

Ele Está De Volta!

Depois de alguns longos meses de espera, Joe Sakic finalmente conseguiu chegar a uma decisão concreta sobre seu futuro. E esta decisão foi: continuar jogando hóquei . O jogador de 39 anos assinou um contrato de um ano com a equipe do Colorado Avalanche, equipe em que ele atuou por toda sua carreira.

Sakic entrará na temporada 2008/09 ranqueado em oitavo na lista de maiores pontuadores de todos os tempos na NHL (623 gols, 1006 assistências, 1629 pontos). Apenas quatro jogadores possuem mais pontos atuando por uma única franquia: Gordie Howe (1809) e Steve Yzerman (1755) com Detroit, Mario Lemieux com Pittsburgh (1723) e Wayne Gretzky com Edmonton (1669). Ele também está ranqueado em sétimo em gols (84) e pontos (188) em playoffs e detém o recorde de 8 gols em prorrogações na pós-temporada.

Joe foi selecionado pelo Quebec Nordiques no primeiro round (15ª escolha geral) do draft de 1987.



Alexandre Almeida sempre foi fã de Joe Sakic e está feliz pela sua decisão de continuar jogando o esporte sagrado chamado Hóquei no gelo.
Continue Lendo

Aposentadoria "Pré-Matura"

Stefan Legein, uma escolha de segundo round dos Blue Jackets em 2007 decidiu largar o hóquei. O agente de Legein, Doug Woods, informou aos Blue Jackets que Legein não irá participar do training camp da equipe no mês que vem e está se aposentando do esporte de acordo com uma notícia no jornal Columbus Dispatch. O GM da equipe, Scott Howson confirmou a notícia na noite de ontem.

O jogador de 19 anos era tido como estrela na equipe do Niagara IceDogs da OHL e na última temporada marcou 24 gols e 13 assistências em 30 jogos. Legein também ajudou a seleção canadense a vencer sua quarta medalha de ouro seguida no mundial de juniores.

FONTE: The Hockey News.
Continue Lendo

Transações - de 5 de Julho á 1° de Agosto

No primeiro mês de free agência houveram muitas transações (como o esperado), vejamos uma compilação dessas transações, time por time:

ANAHEIM DUCKS:
-Assinou com Brendan Morrisonn (1 ano), Steve Montador (1 ano), David LeNeveu (1 ano) e Josh Green (1 ano).
-Re-assinou o contrato do técnico Randy Carlyle por mais dois anos.
-Adquiriu Joakim Lindstrom dos Jackets em troca de uma escolha de draft.

ATLANTA THRASHERS:
-Assinou Jason Williams (1 ano), Brett Sterling e Marty Reasoner.
-Re-assinou Eric Boulton (2 anos) e Kari Lehtonen (1 ano).

BOSTON BRUINS:
-Re-assinou Denis Wideman por 4 anos.
-Colocou Glen Murray nos waivers.

BUFFALO SABRES:
-Re-assinou Daniel Paille e Ryan Miller (5 anos).

CALGARY FLAMES:
-Assinou Todd Bertuzzi (1 ano), Jamie Lundmark e Andre Roy.

CAROLINA HURRICANES:
-Re-assinou Denis Seidenberg por 1 ano.

CHICAGO BLACKHAWKS:
-Assinou Matt Walker (1 ano), Colin Fraser (1 ano), Aaron Johnson (1 ano) e Doug Janik (1 ano).
-Re-assinou Corey Crawford por 1 ano.

COLORADO AVALANCHE:
-Assinou Brian Willse por 1 ano.
-Re-assinou Cody McCormick (1 ano) e Marek Svatos (2 anos).

COLUMBUS BLUE JACKETS:
-Assinou Mike Peca, RJ Umberger (4 anos), Craig MacDonald (1 ano), Steve Kelly (1 ano) e Mike York (1 ano).
-Re-assinou Alexandre Picard (1 ano), Marc Methot (1 ano) e Pascal Leclaire (3 anos).

DALLAS STARS:
-Re-assinou com o técnico Dave Tippett por 2 anos.

DETROIT RED WINGS:
-Re-assinou Jimmy Howard (3 anos), Jonathan Ericsson (3 anos) e Valtteri Filppula (5 anos).
-Dallas Drake anunciou sua aposentadoria.

EDMONTON OILERS:
-Assinou Jason Struswick por 1 ano
-Re-assinou Zack Stortini (3 anos) e Shawn Horcoff (6 anos)

FLORIDA PANTHERS:
-Re-assinou Jay Bouwmeester por 1 ano.

LOS ANGELES KINGS:
-Re-assinou Gabe Gauthier (2 anos), Erik Ensberg (1 ano), Matt Moulson (1 ano), Joe Piskula (1 ano) e Peter Harrold (3 anos).

MINNESOTA WILD:
-Assinou Owen Nolan (2 anos), Tomas Mojzis, Peter Olvecky (1 ano) e Clayton Stoner (1 ano).
-Re-assinou Pierre-Marc Bouchard por 5 anos.
-Colocou Mark Parrish nos waivers.

MONTREAL CANADIENS:
-Assinou Ryan Flinn por 1 ano.
-Re-assinou Jaroslav Halak (2 anos), Ryan O'Byrne (3 anos), Shawn Belle e Mike Glumac.

NASHVILLE PREDATORS:
-Assinou Josh Gratton (1 ano) e Rick Peverley (2 anos).
-Re-assinou Kevin Klein por 2 anos.

NEW JERSEY DEVILS:
-Assinou Scott Clemensen por 1 ano.

NEW YORK ISLANDERS:
-Assinou Frans Nielsen por 4 anos.
-Re-assinou Brendan Witt (2 anos), Jeff Tambellini (2 anos) e Sean Bergenheim (2 anos).
-Ted Nolan deixou o cargo de técnico dos Isles após divergências com o Gerente Geral Garth Snow.

NEW YORK RANGERS:
-Assinou Dan Fritsche e Greg Moore.
-Re-assinou Paul Mara (1 ano), Nigel Dawes (1 ano) e Fredrik Sjostrom (1 ano).
-Trocaram Ryan Holweg para os Canucks em troca de uma escolha de 5° round no draft de 2009.

OTTAWA SENATORS:
-Assinou Jason Smith por 2 anos.
-Re-assinou Antoine Vermette por 2 anos.

PHILADELPHIA FLYERS:
-Assinou Aaron Asham.
-Re-assinou Joffrey Lupul por 4 anos.

PHOENIX COYOTES:
-Assinou Jeff Hoggan (1 ano), Ryan Lannon (1 ano) e Garth Murray (1 ano).
-Re-assinou Daniel Carcillo por 2 anos.

PITTSBURGH PENGUINS:
-Assinou Matt Cooke (2 anos), Ben Lovejoy (1 ano) e Jeff Taffe (1 ano).

SAN JOSE SHARKS:
-Re-assinaram Christian Ehrhoff e Marcel Goc.

ST. LOUIS BLUES:
-Assinou Mike Weaver (1 ano), Brad Winchester (1 ano), Matt Foy e Andy Wozniewski.
-Re-assinou Jay McClement por 1 ano.

TAMPA BAY LIGHTNING:
-Assinou Mark Recchi (1 ano), Evgeny Artyukin (2 anos), Brandon Bochenski (1 ano) e Mike Smith (1 ano).

TORONTO MAPLE LEAFS:
-Re-assinou Matt Stajan por 2 anos.

VANCOUVER CANUCKS:
-Assinou Pavol Demitra (3 anos), Rob Davison (1 ano), Jason Krog (1 ano), Ryan Shannon, Rick Ripien, Mike Brown, Nathan McIver, Zack Fitzgerald e James Sharron.

WASHINGTON CAPITALS:
-Re-assinou Sergei Fedorov (1 ano), Brooks Laich (3 anos), Boyd Gordon (1 ano) e Shaone Morrissonn (1 ano).
Continue Lendo

Tabela de Jogos 2008/09

Foi divulgada hoje a tabela de jogos referente a próxima temporada. Como todos sabemos, mais uma vez os primeiros jogos da temporada serão realizados na Europa (em Praga e Estocolmo). Para ver a tabela de jogos CLIQUE AQUI.
Continue Lendo

15 Para a Arbitragem

Ontem foi divulgada a lista de jogadores que iram para a arbitragem, para haver uma definição em seus contratos e salários. Eis a lista:

Brooks Laich (Washington)
Shaone Morrison (Washington)
Pierre Marc-Bouchard (Minnesota)
Stephane Veilleux (Minnesota)
Dennis Wideman (Boston)
Chad Larose (Carolina)
Marek Svatos (Colorado)
Jay Bouwmeester (Florida)
Sean Bergenheim (NY Islanders)
Dan Fritsche (NY Rangers)
Antoine Vermette (Ottawa)
Jay McClement (St. Louis)
Marcel Goc (San Jose)
Valtteri Filppula (Detroit)
Ville Koistinen (Nashville)

O dia limite para os times decidirem sobre esses jogadores foi hoje. As audiências de arbitragem irão acontecer do dia 20 de Julho até 4 de Agosto.
Continue Lendo

Transações - 4 de Julho

No quarto dia do período de assinatura de agentes livres, não houveram muitas transações. Vejamos:

*Os Canucks assinaram com o central Mark Cullen. Além disso, a equipe adquiriu Steve Bernier dos Sabres, em troca de uma escolha de terceiro round em 2009 e de segundo round em 2010.
*O Lightning trocou o defensor Dan Boyle e Brad Lukowich para o San Jose, em troca de Matt Carle, Ty Wishart, uma escolha de primeiro round em 2009 e uma de quarto round em 2010.
*Os Sharks ainda mandaram o defensor Craig Rivet para os Sabres em troca de uma escolha de segundo round em 2009 e 2010.
*Jaromir Jagr deixa a NHL após quase duas décadas. O jogador assinou com o Avamgard Omsk da Rússia por 2 anos.
*Finalizando, os Rangers re-assinaram o contrato do defensor Paul Mara por mais um ano.
Continue Lendo

Transações - 3 de Julho

COLORADO AVALANCHE:
-Assinou com Daniel Tjarnqvist por 1 ano.

FLORIDA PANTHERS:
-Acertou contrato com Rory Fitzpatrick por 1 ano.

MINNESOTA WILD:
-Assinou com Antti Miettinen por 3 anos.

MONTREAL CANADIENS:
-Trocou Mikhail Grabovski para os Leafs em troca de Greg Pateryn e uma escolha de 2° round em 2010.
-Assinaram com Georges Laraque (3 anos) e Marc Denis (1 ano).

NEW YORK RANGERS:
-Assinou com Markus Naslund (2 anos) e Dmitri Kalinin (1 ano).

PHOENIX COYOTES:
-Assinaram David Hale (2 anos), Matt Jones (2 anos) e Brian McGrattan (1 ano).

PITTSBURGH PENGUINS:
-Assinaram com Miroslav Satan e Ruslan Fedotenko. Ambos por 1 ano.
-Re-assinaram Marc-Andre Fleury por 7 anos.

SAN JOSE SHARKS:
-Assinou com Rob Blake por 1 ano.

ST. LOUIS BLUES:
-Re-assinaram Yan Stastny por 2 anos.

TAMPA BAY LIGHTNING:
-Assinou Wyatt Smith por 1 ano.

WASHINGTON CAPITALS:
-Assinou com Keith Aucoin por 2 anos.
Continue Lendo

Transações - 2 de Julho

No segundo do período de assinatura de agentes livres ocorreram diversas transações entre as equipes. Vejamos:

ATLANTA THRASHERS:
-Assinaram com o defensor Ron Hainsey por 5 anos.

BOSTON BRUINS:
-Re-assinaram Petteri Nokelainen por 2 anos.

CALGARY FLAMES:
-Assinou com Jim Vandermeer e Curtis Glencross.

CAROLINA HURRICANES:
-Assinaram Joni Pitkanen (3 anos) e Josef Melichar (1 ano).

COLORADO AVALANCHE:
-Re-assinaram Wojtek Wolski por 2 anos.

COLUMBUS BLUE JACKETS:
-Assinaram com Kristian Huselius por 4 anos.
-Trocaram Nikolai Zherdev e Dan Fritsche para os Rangers em troca de Christian Backman e Fedor Tyutin.

DALLAS STARS:
-Assinaram Sean Avery por 4 anos.
-Re-assinaram o contrato de B.J. Crombeen por 1 ano.

DETROIT RED WINGS:
-Assinaram com Marian Hossa por 1 ano.

MINNESOTA WILD:
-Re-assinaram Kurtis Foster por 1 ano.

NEW YORK ISLANDERS:
-Assinaram com Doug Weight por 1 ano.

OTTAWA SENATORS:
-Assinaram Shean Donovan (2 anos) e Jarkko Ruutu (3 anos).

PHILADELPHIA FLYERS:
-Re-assinaram Randy Jones (2 anos) e Riley Cote (3 anos).

PITTSBURGH PENGUINS:
-Re-assinaram Brooks Orpik (6 anos) e Evgeni Malkin (5 anos).

TAMPA BAY LIGHTNING:
-Re-assinaram Ryan Craig (3 anos) e Janne Niskala (1 ano).

VANCOUVER CANUCKS:
-Assinaram Ryan Johnson (2 anos) e Curtis Sanford (1 ano).


*
Os times não listados aqui não fizeram nenhum tipo de transação no dia.
Continue Lendo

Transações - 1° de Julho

O dia mais esperado do mês finalmente chegou e muitos jogadores mudaram de rumo. Vejamos as trocas ocorridas:

ANAHEIM DUCKS:
-Re-assinou Corey Perry por 5 anos.

BOSTON BRUINS:
-Assinou com o prospecto Blake Wheeler e com Michael Ryder por 3 anos.

BUFFALO SABRES:
-Assinou com o goleiro Patrick Lalime um contrato de 1 ano.

CAROLINA HURRICANES:
-Assinou com o defensor Anton Babchuk por 1 ano.

CHICAGO BLACKHAWKS:
-Assinou com o goleiro Christobal Huet por 4 anos.
-E também com o defensor Brian Campbell por 8 anos.

COLORADO AVALANCHE:
-Re-assinou Kurt Sauer por 4 anos.
-Acertou contrato com o goleiro Andrew Raycroft por 1 ano.
-Assinou Darcy Tucker por 2 anos.

COLUMBUS BLUE JACKETS:
-Assinou com o defensor Mike Commodore por 5 anos.

DETROIT RED WINGS:
-Re-assinou Brad Stuart por 4 anos.
-E assinou contrato com o goleiro Ty Conklin por 1 ano.

FLORIDA PANTHERS:
-Assinou com o veterano Cory Stillman por 3 anos.

MINNESOTA WILD:
-Assinou com o goleiro Barry Brust por 2 anos.
-Acertou contrato com Andrew Brunette por 3 anos.
-Assinou Craig Weller por 2 anos.

MONTREAL CANADIENS:
-Re-assinou Andrei Kostitsyn por 3 anos.

NEW JERSEY DEVILS:
-Re-assinaram Bryce Salvador (4 anos), Jay Pandolfo (3 anos), David Clarkson (2 anos) e Barry Tallackson.
-Assinaram com Brian Rolston por 4 anos.
-Assinou Bobby Holik por 1 ano.

NEW YORK ISLANDERS:
-Assinou com o defensor Mark Streit por 2 anos.

NEW YORK RANGERS:
-Assinaram com Aaron Voros, Wade Redden (6 anos) e Patrick Rissmiller.
-Re-assinaram os contratos de Michal Rozsival (4 anos) e Steven Valiquette.

OTTAWA SENATORS:
-Assinou com o goleiro Alex Auld por 2 anos.

PHILADELPHIA FLYERS:
-Assinaram Ossi Vaananen (1 ano), Glen Metropolit (2 anos) e Nate Raduns (1 ano)

PHOENIX COYOTES:
-Assinaram com Todd Fedoruk por 3 anos.

PITTSBURGH PENGUINS:
-Re-assinaram Pascal Dupuis (3 anos) e Mark Eaton (2 anos).
-Assinaram com Eric Godard por 3 anos.

TAMPA BAY LIGHTNING:
-Assinaram com Radim Vrbata (3 anos), Adam Hall (3 anos), Olaf Kolzig (1 ano) e David Koci (1 ano).

TORONTO MAPLE LEAFS:
-Assinaram Jeff Finger (4 anos), Curtis Joseph (1 ano) e Niklas Hagman (4 anos).

VANCOUVER CANUCKS:
-Assinaram Kyle Wellwood por 1 ano e Darcy Hordichuk por 2 anos.

WASHINGTON CAPITALS:
-Re-assinou Mike Green por 4 anos.
-Assinou o goleiro Jose Theodore por 2 anos.


*Os times não listados aqui não fizeram nenhum tipo de transação no dia.
Continue Lendo

Transações - de 22 á 30 de Junho

Bem pessoal, hoje se inicia o período de assinatura de contrato com os agentes livres. Amanhã (ou até mesmo hoje á noite) irei fazer um post completo, com todas as assinaturas e re-assinaturas de contrato que ocorrerem hoje. Enquanto isso, vejamos todas as transações ocorridas nos dias antes do 1° de Julho:

Começando com os Ducks. O time re-assinou o contrato de Brian Sutherby e colocou Todd Bertuzzi nos waivers. Os Thrashers colocaram Alexei Zhitnik também nos waivers. Os Bruins re-assinaram Brad Stuart e assinaram com Blake Wheeler. Os Sabres re-assinaram Paul Gaustad. Já os Flames re-assinaram os contratos de Craig Conroy e Daymong Langkow, e colocaram três jogadores nos waivers (Rhett Warrener, Anders Eriksson e Marcus Nilson). Os Canes assinaram Tuomo Ruutu e os Hawks com Andrew Ladd. Os Avs assinaram Scott Parker, e também com Adam Foote e Jean-Michael Liles. Os Jackets colocaram Duvie Westcott nos waivers e os Stars re-assinaram com Loui Eriksson. Os Wings re-assinaram Andreas Lilja e os Oilers adquiriram Lubomir Visnovky dos Kings em troca de Matt Greene e Jarret Stoll. Os Panthers re-assinaram Gregory Campbell e Rostislav Olesz e colocaram Joseph Stumpel nos waivers. Os Predators re-assinaram os contratos de Shea Weber e Dan Ellis e os Isles colocaram Shawn Bates nos waivers. Os Flyers adquiriram Janne Niskala dos Preds, re-assinaram com Jeff Carter e Steve Eminger, colocaram Denis Gauthier nos waivers e mandaram Kyle Greentree para os Flames em troca de Tim Ramholt. Os Coyotes adquiriram Chris McGrattan dos Sens. Os Sharks re-assinaram Joe Pavelski, Jeremy Roenick, Brian Boucher e Jody Shelley. Os Bolts assinaram com Vaclav Prospal, Vincent Lecavalier, Ryan Malone, Gary Roberts e Brian Rolston. Os Leafs colocaram Andrew Raycroft e Kyle Wellwood nos waivers. Por fim, os Canucks pegaram Kyle Wellwood dos waivers.


Alexandre Almeida ainda está comemorando o primeiro ano do blog, mesmo sabendo que isso ocorreu três semanas atrás.
Continue Lendo

Draft 2008!

Chgamos ao fim de mais um Drafte não tivemos muitas surpresas. Vejamos o primeiro round:

1. Tampa Bay - Steven Stamkos (C)
2. Los Angeles - Drew Doughty (D)
3. Atlanta - Zach Bogosian (D)
4. St.Louis - Alex Pietrangelo (D)
5. Toronto - Luke Schenn (D)
6. Columbus - Nikita Filatov (LW)
7. Nashville - Colin Wilson (C)
8. Phoenix - Mikkel Boedker (LW)
9. NY Islanders - Josh Bailey (C)
10. Vancouver - Cody Hodgson (C)
11. Chicago - Kyle Beach (C)
12. Buffalo - Tyler Myers (D)
13. Los Angeles - Colten Teubert (D)
14. Carolina - Zach Boychuk (C)
15. Ottawa - Erik Karlsson (D)
16. Boston - Joe Colborne (C)
17. Anaheim - Jake Gardiner (D)
18. Nahville - Chet Pickard (G)
19. Philadelphia - Luca Sbisa (D)
20. NY Rangers - Michael Del Zotto (D)
21. Washington - Anton Gustafsson (C)
22. Edmonton - Jordan Eberle (C)
23. Minnesota - Tyler Cuma (D)
24. New Jersey - Mattias Tedenby (LW)
25. Calgary - Greg Nemisz (C)
26. Buffalo - Tyler Ennis (C)
27. Washington - John Carlson (D)
28. Phoenix - Viktor Tikhonov (C)
29. Atlanta - Daultan Leveille (C)
30. Detroit - Thomas McCollum (G)

Veja os demais rounds clicando nos links a seguir:
2° Round / 3° Round / 4° Round / 5° Round / 6° Round / 7° Round


Também aconteceram algumas trocas durante o draft, vejamos as principais delas:
*O Florida Panthers trocou Olli Jokinen para o Phoenix Coyotes em troca dos defensore Keith Ballard e Nick Boynton e também uma escolha de segundo round (49ª escolha geral).
*O Calgary Flames adquiriu Mike Cammalleri dos Kings em troca de uma escolha de 1° round.
*Os Habs adquiriram Alex Tanguay dos Flames em troca de uma escolha de 1° round.
* Os Flyers trocaram RJ Umberger e uma escolha de 4° round para o Columbus em troca de duas escolhas (de 1° e 3° rounds).
* Por fim, os Capitals enviaram o defensor Steve Eminger e uma escolha de 3° round para os Flyers em troca de uma escolha de 1° round (27ª escolha geral).


FIQUEM LIGADOS, PORQUE NO DIA 1° DE JULHO COMEÇA A MOVIMENTAÇÃO DE AGENTES LIVRES, E O BLOG NHL BRASIL IRÁ FAZER UMA COBERTURA COMPLETA.
Continue Lendo
COPYRIGHT 2007/2009 - BLOG NHL BRASIL - POLÍTICA DE PRIVACIDADE