30 junho 2009

Tampa para o buraco na defesa?

Sexta-Feira, após a conclusão da primeira rodada da Repêchage, para os franco-canadenses, ou Draft, para os anglo-saxões, o torcedor do Tampa Bay Lightning finalmente tem a...

...sensação que seus problemas na defesa podem estar com os dias contados. Desde a temporada em que ergueram a Coupe Stanley, o time da Flórida vê sua defesa em uma decrescente de produção, que a cada ano resulta em mais sofrimento para seus goalies e torcedores.

Eu não gosto muito de me ater a números e estatísticas, mas a quantidade de gols sofridos por Tampa nessa temporada foi mais uma vez assombrosa. Foi a mesma quantidade de gols do último colocado na Conferência Leste, o New York Islanders; só não foi pior que dois times da NHL, o Maple Leafs e o Thrashers. Muitas vezes caímos na vala comum de apontar os goalies como principais culpados por esses números, mas no caso do time de Lecavalier, não parece ser essa a resposta.

Os números dos goalies não dizem muito a favor dos mesmos. O que mais jogou na temporada, Mike Smith, com metade dos jogos da temporada, tem uma média nada animadora de 2.62 gols contra por jogo. Os outros dois goalies que participaram ativamente da temporada, Karri Ramo e Mike McKenna, detém médias de mais de 3,55 gols por jogo. Como eles não são atacantes, isso não é nada animador.

Mas eu sou da teoria, que se um time toma muitos gols, salvo em raras exceções, a culpa de uma defesa ser muito vasada é dos defensores. Sim, os jogadores da linha ofensiva tem parcela de culpa, mas ela não é majoritária. E vendo a defesa do time de Tampa mais uma vez pelos números, temos Lukas Krajicek e Andrei Meszaros como líderes do setor do time. E mesmo sendo líderes, os dois possuem apenas 19 e 16 pontos respectivamente na última temporada. Todos nós sabemos que é difícil ter tido muitos pontos em um time que sofreu tanto na temporada regular, mas mesmo assim não podemos ignorar que além dos pontos, o +/- dos dois, somados, resulta em brilhantes menos 12. Os outros dois defesas importantes do time, Murphy e Ranger, também não aparecem com estatísticas muito mais animadoras.

E obviamente, eu não fui o único gênio a perceber esses fatos, e a diretoria do Bolts tentou durante a temporada passada, adquirir um jogador para arrumar a defesa. A sua esperança era, sempre quando os dirigentes do Montreal Canadiens vinham perguntar sobre quem eles gostariam para liberar seu capitão Lecavalier, de que eles aceitassem ceder o all-star Andrei Markov, ou ao menos Mike Komisarek, junto com algumas outras peças. Mas o time quebecois nunca aceitou essa imposição, o que emperrou a transação à época.

Mas eis que o draft chega e o Bolts "drafta" o defesa sensação, Rookie of the Year na Liga Sueca, jogador do Modo Hockey, Victor Hedman. O canhoto de apenas 19 anos, e 1,98m de altura, foi a sensação do ano em seu país, com um +/- de mais 21, e 23 pontos em 43 jogos. O jovem é comparado pela imprensa local e por analistas de hóqueis europeus a Chris Pronger, grande defensor, recentemente adquirido pelo Flyers, em troca com o Ducks. Será que finalmente os problemas defensivos para umas das piores defesas da NHL vão ter um fim? Não sei, mas Hedman é com certeza um nome para fazer isso acontecer.

2 comentários:

Anônimo disse...

AWAEEE minha gente.
So queria dizer k amanha dia 1 de julho a partir das 19.30 em PoRTUGAL/15.30 DE BRASILIA
O WWW.NHL-ELITE.COM VAI TER UM LIVE BLOG NO ACOMPANHAMENTO DO FREE AGENCY DA NHL TUDO AO VIVO.
COM INFORMAÇOES EXCLUSIVAS E MTS SURPRESAS . TUDO EM PORTUGUES.
TAO TDS CONVITADO A APARECEREM !!!!



VLW!!

30 de junho de 2009 17:17
Marcelu Ferreira disse...

O Hedman juntamente com o Tavares eram os grandes nomes desse Draft. Sorte para os Islanders e para os Bolts.

Mas só esses 2 não farão milagre nesses times...

Bela matéria Bruno ;)

1 de julho de 2009 08:58
COPYRIGHT 2007/2009 - BLOG NHL BRASIL - POLÍTICA DE PRIVACIDADE